Postagens

Compre um consórcio de caminhão e invista em você e na sua empresa

Imagem
O Brasil é um dos países com a maior carga tributária do mundo. Um dos itens que mais suportam a alta carga de impostos são os veículos automotores em geral, entre eles os caminhões. Considerando que estes veículos são de suma importância para a rede de transportes no Brasil, que depende quase que completamente da malha viária, qualquer alternativa para adquirir caminhões gastando-se menos é sempre uma boa opção. Nesse cenário, a compra de consórcio é uma ótima opção. O consórcio consiste na união de várias pessoas, físicas ou jurídicas, que se agrupam visando adquirir bens, pagando menos por eles. Nesse caso, é possível que em um mesmo consórcio uma empresa transportadora e uma pessoa física que deseja adquirir um caminhão para trabalhar por conta própria participem do mesmo empreendimento. Um consórcio de caminhão pode ser a solução para aumentar o ativo da empresa e reduzir custos de investimento, ao mesmo passo que pode significar um aumento na capacidade produtiva do trabalhador c…

Como encaixar o consórcio no orçamento doméstico

Imagem
Na atual situação econômica em que vivemos, o planejamento tem sido a palavra chave para a manutenção das contas domésticas. O aumento das taxas de desemprego, somado à inflação e aos juros exorbitantes do cheque especial e do cartão de crédito têm feito com que muita gente pense muito mais do que pensava no passado, antes de assumir uma nova dívida. Nesse cenário, um investimento que parece estar atraindo muita gente é o da compra de consórcio.
Os consórcios funcionam como uma forma de realizar compras, parceladamente, sem que seja preciso arcar com as pesadas taxas de financiamento dos bancos. Sobre os consórcios há incidência de uma taxa que é paga a administradora do consórcio, mas nem de longe isso se aproxima dos valores pagos a título de juros nos financiamentos. Não só isso, ao passo em que no financiamento são gastos vários valores com juros, o valor investido no consórcio, quando da contemplação, é corrigido a uma taxa de 12% ao ano, mais que o dobro do que o dinheiro que pe…